quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Monstro - Agatha de Assis

A Crônica à seguir foi cedida pela Agatha de Assis, a minha irmãzinha literária. Conheça mais sobre ela no blog http://agathadeassis.blogspot.com.br



Eu evitarei, eu farei tudo para evitar que o mundo vire um monstro. Em meio as suas trapaças e mentiras desumanas, corroendo dentro de si, querendo nos devorar vivo.
Hello! Eu estou aqui, eu sempre estive. Só você não pode observar o quanto de mim se fez mais forte enquanto você se preparava para matar mais um. Para ferir e desintegrar outro inocente.
Você me induziu a crer que o meu mundo havia desmoronado, que não havia mais lugar para mim. Atingiu-me com uma força capaz de me levar ao fundo do poço. No entanto, você não conseguiu me vencer.

Quantas vezes eu lhe peguei me olhando, observando-me com seus olhos cheios de sede. Quantas vezes eu não consegui dormir com você preso em minha mente?

Eu estive chorando, pensando e materializando minhas ideias de como eu poderia sair desse chão, sair dessa lama. Estive por muito tempo pensando que se eu tivesse fé o suficiente, você voltaria de uma forma diferente, você voltaria mudado.
Mas não foi isso que aconteceu, você se tornou um monstro e quer destruir tudo o que eu consegui alcançar depois de me levantar.

Por que para você tudo importa? E para nós? Por que não podemos seguir com nossas vidas? Por que não podemos ter o que queremos? Monstro! Você tentou evitar com que eu enxergasse, mas agora estou liberta.
Benzinho, o chão é o seu lugar... Não deixarei que machuque mais ninguém, nem que eu tenha que dar a minha própria vida em troca. Eu farei sem hesitar, e nunca mais verei o prazer de destruir e seduzir o bem em seu olhar.

Porque agora você perdeu, está acabado.

Agatha de Assis

Postado por: Kaio Rodrigues


2 comentários:

Agatha de Assis disse...

Nossa maninho, muito feliz em ver minha crônica aqui. Sinto-me muito prestigiada e abençoada... Muito feliz por tamanha consideração a minha pessoa... te amo... ♥ Beijokas... :D

Marcia Lopes disse...

Adooooooro Paramore!!!Linda Crônica, parece poesia!
Parabéns Agatha, vou fazer -lhe uma visita no blog.
Bjs
E Kaio vc é demais, demora a aparecer e sempre que aparece as novidades são ótimas!
Bjs

Postar um comentário

Template by:

Free Blog Templates